terça-feira, janeiro 18, 2011

ANCELMO GÓIS

Efeito na economia
Ancelmo Gois
O GLOBO - 18/01/11

A venda nos supermercados cariocas aumentou por causa de gente que tem comprado gêneros de primeira necessidade para doar às vítimas das chuvas. As redes Guanabara e Extra, por exemplo, estavam sem água mineral em várias filiais ontem.

Funasa não para
Enquanto não se resolve a briga de R$5 bilhões, tamanho do orçamento da Funasa, entre PT e PMDB para ver quem nomeia o novo presidente do órgão, o ministro Alexandre Padilha decidiu despachar lá todas as quartas.

Lobo mau
A Associação dos Magistrados do Rio vai mesmo processar o cantor Lobão por causa de um trecho de seu livro “50 anos a mil”, em que diz ter gastado R$2 mil para dar garrafas de uísque a integrantes doJudiciário no caso de sua prisão por drogas. O desembargador Antônio Siqueira, presidente da Amaerj, quer que o músico diga quem recebeu uísque.

Fase de engorda

Lula engordou 1,5kg desde que deixou o governo.

Aliás...

Lula pode reaparecer em público dia 30 para dar o pontapé inicial do jogo Corinthians x São Bernardo, no ABC.

Calma, padre
Por da causa da tragédia na Região Serrana do Rio, o padre Marcos Belizário, da Igreja dos Santos Anjos, no Leblon, pediu na missa das 9h de domingo, acredite, o impeachment de Sérgio Cabral.

No mais
A mobilização do brasileiro para socorrer os necessitados nas tragédias é impressionante. Imagine se o país se mexesse assim por causas permanentes, como a educação. Com todo respeito.

O ex-gay
Jorge Fernando, diretor da novela “Ti-ti-ti”, da TV Globo, voltará, em breve, a atuar. A Globo prepara um novo seriado, escrito por Fernanda Young e Alexandre Machado, em que um gay sofre um acidente e acorda hétero. O ex-gay será vivido por Jorge.

O piloto sumiu
A TAM perdeu 65 pilotos ao longo de 2010. Metade, segundo o sindicato do setor, pediu demissão por não suportar mais as escalas extenuantes da empresa.

Usineiro alagoano
A Petrobras, ufa!, conseguiu suspender no Órgão Especial do TJ-RJ a execução de mais de R$400 milhões numa ação movida por usineiros alagoanos que se arrastava há uns 10 anos. A estatal foi representada pelo advogado Paulo Cezar Carneiro.

O nosso Marceu Vieira e seu parceiro Tuninho Galante participam hoje do talk show “Barteliê”, em Ipanema, com Alfredinho do Bip Bip.

Lúcio Sanfilippo lança livro sobre jongo, amanhã, às 20h, na Multifoco, seguido de show de seu novo CD.

O Pró-Cardíaco inaugura hoje a sua Emergência Personalité.

A designer Denise Grassi lança a coleção Máscara.

I Dream lança site de produtos para Iphone (www.naidream.com.br).

D.R.I. Restaurante abre hoje no Shopping da Gávea.

Adriana Barra faz venda com até 80% de desconto na loja do Leblon.

Vinoclub lança menu executivo no almoço de segunda a sábado.

Hoje, e toda terça, haverá shows do Bloco do Vigário e do Essência do Samba na Viradouro, após o ensaio.

Intervenção branca
Nova Friburgo, onde morreram mais de 300 pessoas, está sob intervenção branca. O prefeito Heródoto Bento de Mello, 85 anos, está hospitalizado há seis meses. Na prática, quem comanda a cidade é o vice de Sérgio Cabral, Luiz Pezão, que se mudou para lá desde a tragédia.

Outra...
Nas duas gestões (1989-1992 e 1997-2000) do ex-prefeito Paulo Azevedo, que morreu nessa tragédia, a favelização de Friburgo cresceu bastante.

O Rio é privado
Estudo do professor Mauro Osório, feito a pedido da prefeitura do Rio, questiona o mito de que a taxa de emprego na cidade é sustentada pelo grande número de funcionários públicos. Em 2009, o peso do funcionalismo na base de empregados na capital era de 20% — praticamente igual ao de São Paulo (19%) e menor que os de Belo Horizonte (28%) e Vitória (31%).

De volta
O francês Bob Sinclair, um dos DJs mais populares do mundo, tocará dia 6 de março na Rio Music Conference, feira de música que vai ser realizada na Marina da Gloria.

É grave a crise
Um parceiro da coluna reclama que, por causa do repique da inflação, o McDonald’s da esquina de Av. Ataulfo de Paiva com Rua Carlos Gois, no Leblon, diminuiu o tamanho da casquinha de baunilha. A conferir.

Um comentário:

Paula disse...

Caro Ancelmo antes ... um espetáculo sua coluna! gosto muito.
venho relatar o barulho dos apitos dos guardas nas esquinas da zona sul do Rio, em minha esquina os apitos começam antes das sete horas sempre já ao amanhecer 2 ou 3 guardas já estão apitando isso é na av Bartolomeu Mitre com Mario Ribeiro.
Acredito que a Lei do silencio ainda é uma LEI, e o srs dirigentes dessa cidade estão errando feio em achar que 3 ou 4 guardas nas esquinas controlam alguma coisa. A poluição sonora é imensa mas como e assim está, desde que o sr prefeito e seu staff assumiram a nossa cidade não está adiantando reclamar. Eu tenho uma curiosidade, será que nas esquinas dos sr prefeito e todos que trabalhem com ele e para ele tem guardas pertubando o sono e a manhã de sua família? isso é um descaso, e como diz Dom Helder camara, 'Uma andorinha não faz o verão, apenas o anuncia'. Será que na atualidade ela ao menos consegu anunciar.
Fique com Deus.